sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Reminiscências Felinas


Presume-se que o talento para caçar roedores terá conferido um estatuto especial aos gatos junto das populações que os viam como salvadores das suas reservas alimentares.
O papel dos felinos domésticos era tão importante que obtiveram até a imortalidade pela mão dos Egípcios que os endeusavam.
Essa aptidão para a caça terá provavelmente sido o pretexto para o fim do extermínio nada cristão dos gatos na Idade Média sob suspeita de bruxaria, quando os marujos perceberam o jeito que dava ter um felino a bordo das suas embarcações para evitarem os camudongos "penetras".
Ou seja, comer um ratinho ou uma ratinha é muito mais do que a simples satisfação de um apetite. É quase um imperativo moral para um gato que respeite as suas tradições culturais e constitui uma homenagem aos seus antepassados.
Quantos de vós, felinos, tendes cumprido com regularidade esse sagrado ritual?

11 comentários:

mik@ disse...

desculpa mas eu sou mais ao estilo garfield. acabei de almoçar lasanha :P
deixo-te em herança a minha percentagem de ratitos

Alex disse...

Naaaa... eu é mais Friskies, Whiskas, cenas que não fujam enquanto estou a tentar comê-las
:)

GAIVS OCTAVIVS disse...

atribui no meu blog (www.o-arrebol.blogspot.com) um premio ao 7 black cats!

Black CatDog disse...

Obrigado, Mika, mas estou a fazer dieta por causa do excesso de queijo no sangue... :-)

Black CatDog disse...

Nessa perspectiva é de concluir que não gostas de fast food, Alex... :-)
Já ninguém respeita a tradição, pá.
A vida tá boa é para o Mickey.

Black CatDog disse...

Prémios é com o Chefe, mas já que foi anunciado no meu post agradeço-te eu.
Obrigado, Gaivs!

Artemisa disse...

Hum...aqueles ratos de chocolate contam?? Quem se lembra deles? ;-)

Black CatDog disse...

Eu lembro, Artemisa. :-)

Olá!! disse...

Ratos? Ratas? Estamos em guerra???
blurppppppppp

Black CatDog disse...

Em guerra? Jamé!
(Há roedores que cheguem para todas/os...)
:-)

Telak disse...

Everybody Wants to be a Cat!!